quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

O cabelo das extensões pode ou deve embaraçar?

Apesar de ter uma resposta simples: SIM !!! muitos profissionais teimam em não aceitar esse facto como um fator de qualidade do mesmo.

Vejamos:
- O cabelo é composto, entre outras partes, pelo exterior conhecido por escamas ou cutículas;
- O cabelo do próprio usuário (independentemente dos trabalhos realizados) tem cutícula;
- A cutícula proporciona resistência ao cabelo nos trabalhos técnicos;
- Se a usuária não pentear com frequência e mais importante, não desembaraçar o cabelo antes de se deitar, pode acordar com o cabelo embaraçado (independentemente de serem extensões ou não),
- Se já viu alguém a lavar o seu cabelo (mais) comprido terá visto que tem o especial cuidado de não embaraçar o comprimento do cabelo, penteando-o enquanto o vai lavando sempre com a atenção de o ir lavando ao longo do seu comprimento e não misturando partes do seu comprimento.

Mas com tantas preocupações será que não existe cabelo que possa não embaraçar (pelo menos com a mesma frequência)? SIM existe!

Normalmente o cabelo muito descamado que se apresenta bastante brilhante, super bonito e sedoso ao ter pouca ou nula cutícula embaraça-se muito pouco, infelizmente esta vantagem é contrariada com a sua grande desvantagem: durabilidade muito reduzida!!!

Quando o cabelo tem pouca cutícula, as secagens (brushing, escova, secador, prancha), agridem com maior severidade o cabelo pois ao não ter esta proteção fica muito dependente da resistência e durabilidade dos silicones que o envolvem, esses silicones são arrastados com as lavagens e os produtos de limpeza utilizados.

Com muita frequência se vê serem utilizados produtos restruturantes, quando este cabelo -morto- não tem possibilidade de ser restruturado e necessita de hidratação, note que a hidratação é possível sempre e quando exista a cutícula para absorção e manutenção dessa mesma hidratação. Caso o cabelo seja demasiado castigado (sem cutícula) vai durar enquanto exista o silicone para o proteger.

Assim e porque o cabelo é bonito quando o compra, não tem forçosamente de ser de melhor qualidade e neste tipo de produto em concreto, se o cabelo é menos bonito (mais opaco), mais crespo ao toque, mais caro, etc.,  lembre-se: vai durar mais tempo e a sua compra será rentabilizada a curto prazo, desde que mantenha alguns cuidados com a sua manutenção como sejam a hidratação com produtos não ácidos; se realiza brushing com prancha não ultrapasse os 180ºC, lavagem do cabelo após desembaraçar, realizando uma trança ou lavando-o (acariciando-o no seu comprimento)

Prefira qualidade, ficar-lhe-á mais económico e manterá a beleza exterior durante mais tempo pois a beleza interior, essa é sempre só sua!!!

Leia também este post

Se gostou, divulgue, se considera que não está 100% correto, colabore e apresente a sua opinião.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Obrigado por partilhar a sua opinião.