terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Desgaste da peruca na parte de trás


Nos últimos anos, existiu uma evolução muito grande ao nível das fibras, cada vez mais finas, mais leves, com menos brilho, maleáveis, que podem aguentar algum calor, etc.

No caso concreto das perucas fabricadas pelo Grupo Aderans e concretamente distribuidas por nós em Portugal, são fibras com uma naturalidade muitíssimo elevada e em posticeria quando a naturalidade é alta, a sua resistência tende a ser baixa.

As fibras designadas por Modacrylic são uma evolução de várias gerações da fibra Kanekalon em que se retirou grossura, peso e principalmente o brilho tornando-as muito leves (qualquer brisa é o suficiente para a mexer) e a quase ausência de brilho torna-a mais natural que o próprio cabelo natural.

Contudo tal naturalidade e perfeição tem um custo, as fibras por serem muito delicadas, com o roçar umas nas outras ou na roupa têm a tendência de se tornar semelhantes ao cabelo desvitalizado, criando pequenos remoínhos ou ficar baças e sem vida.

Esta situação incómoda é particularmente visível em perucas cujo comprimento do cabelo chegue aos ombros (normalmente as que têm mais de 15cm de comprimento) pois é uma zona que terá sempre mais roço seja com a roupa, seja no pescoço, razão pela qual é uma situação que normalmente só acontece na parte de trás da peruca e não em qualquer outra zona.

De notar que se a usuária tem o tique por exemplo de estar continuamente a mexer no cabelo, corre o mesmo tipo de risco ou se é das que estão sempre a fazer "caracóis" com os dedos, fica também sujeita com o tempo a criar uma "pelada" na peruca pois a fibra vai-se desgastando e saindo.

Assim, é importante a revitalização constante da fibra e apesar de ser possível algumas vezes a laminação da fibra (processo dominado por posticeiros com muita experiência em fibra), podemos com processos muito simples e alguns cuidados no dia a dia, ultrapassar (evitar) totalmente esta situação:
- Aplicar com frequência diária (1 a 2 vezes) o spray Soin Triple Effect por toda a peruca e principalmente na zona que será mais afetada pelo roçar na roupa e no pescoço. Este spray cria um efeito de filtro protector para além de transmitir algum brilho natural e beleza ao cabelo sintético. Cria também resistência à fibra (sem a tornar pesada nem mole) evitando o desgaste provocado pelo contacto entre as fibras e o corpo ou a roupa.
- Lave com suavidade e com os produtos recomendados pela marca com champô e creme, evitando sempre a friçção em demasia, preferencialmente com os dedos pois assim apercebe-se mais facilmente quando está embaraçada.
- Ao pentear, coloque sempre previamente um spray que ajude a desembaraçar. Não utilize escovas muito agressivas ou com muita cerda, recomendamos o uso por exemplo a escova Dessata ou escovas que tenham pequenas bolas nas pontas mas especialmente que sejam pouco rígidas ou seja, que com qualquer pressão minima possam adequar-se à pressão exercida.
- Retire a peruca ao dormir. Um dos principais momentos de tração no cabelo é quando descansamos e não nos apercebemos dessa mesma situação para além que embaraçamos muito mais o cabelo. 

Fonte: Capel-lo

Sem comentários:

Publicar um comentário

Obrigado por partilhar a sua opinião.